sexta-feira, 21 de maio de 2010

CHARGE INÉDITA: Criminosos tentam levar vacas furtadas dentro de um carro gol no RS


Se você pesquisar no google, vai encontrar VÁRIAS NOTÍCIAS A RESPEITO DE VACAS EM GOL. Mas essa notícia é super recente e vem lá do Sul tchê! VEJA O VÍDEO E TIRE SUAS CONCLUSÕES. É lógico que essa bizarrice gerou uma charge totalmente inédita. ÓTIMA SEXTA GALERA E ATÉ SEGUNDA!!
”Bookmark
; video

quinta-feira, 20 de maio de 2010

(IMPERDÍVEL!!) Entenda o problema da bomba no Irã + charge inédita


Entenda a polêmica envolvendo o programa nuclear do Irã
Conheça o lado iraniano e as suspeitas de outros países quanto ao programa de Teerã




O Brasil e a Turquia anunciaram nesta segunda-feira em Teerã um acordo para que o Irã envie urânio para o exterior e receba, em troca, urânio com grau maior de enriquecimento.

O acordo pode ajudar a evitar que o Conselho de Segurança da ONU aprove novas sanções contra o Irã, como defendem os Estados Unidos.

A BBC preparou uma série de perguntas e respostas que ajudam a explicar a complexa situação e a importância do acordo.

O que prevê o acordo?

O Irã enviará 1,2 tonelada de urânio com baixo grau de enriquecimento (3,5%) para a Turquia em troca de 120 kg de combustível enriquecido a 20%.

A troca deverá ter o acompanhamento da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica, órgão da ONU).

Para que o Irã quer o combustível?

Para um pequeno reator de pesquisas médicas em Teerã, instalado pelos Estados Unidos há muitos anos. Ele está sofrendo com a falta de combustível, que antes era fornecido pelo exterior.

Qual seria o problema de permitir que o Irã enriquecesse o próprio urânio?

O argumento contrário é de que, com isso, o Irã poderia desenvolver mais sua capacidade de enriquecimento.

Muitos países temem que o país possa evoluir nesse campo até ter condições de construir um dispositivo nuclear, que requer urânio com um alto grau de enriquecimento, de cerca de 90%.

Por outro lado, especialistas ocidentais acreditam que o Irã ainda não tem capacidade de fabricar sozinho as varetas de combustível necessárias para o reator de Teerã.

Isso os leva a questionar a necessidade de o país ter acesso a urânio enriquecido a 20%, usado nas varetas.

O Irã contesta isso e diz que simplesmente precisa de combustível.

Qual era a situação antes do acordo?

No ano passado, os Estados Unidos, a Rússia e a França propuseram retirar do Irã urânio com baixo grau de enriquecimento em troca de combustível com urânio enriquecido a 20%.

A proposta era que o material fosse enviado para a Rússia e a França - onde seria enriquecido e transformado em varetas para uso no reator de Teerã - antes de ser devolvido ao Irã.

O Irã queria a troca de seu urânio pouco enriquecido por urânio mais enriquecido em pequenas quantidades e em seu próprio território, temendo a possibilidade de não receber de volta seu urânio.

Após meses de incerteza, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, parecia aprovar a ideia original em outubro, mas posteriormente voltou atrás e ordenou aos seus cientistas nucleares que seguissem adiante com o enriquecimento de urânio no próprio país.

O Irã diz que, se receber de outro país o urânio enriquecido a 20% para seu reator de pesquisas, não teria a necessidade de enriquecer o urânio.

Governos ocidentais também argumentam que fornecer ao Irã mais combustível não eliminaria a possibilidade de novos enriquecimentos.

Por que o Conselho de Segurança ordenou que o Irã interrompesse o enriquecimento?

Porque a tecnologia usada para enriquecer urânio para ser usado como combustível na produção de energia nuclear também pode ser usada no enriquecimento de urânio ao nível mais alto.

Há receio de que o Irã esteja ao menos tentando adquirir a experiência necessária para que possa, um dia, se quiser, fabricar uma bomba.

O Irã escondeu seu programa de enriquecimento por 18 anos, então, o Conselho de Segurança disse que, até que as intenções pacíficas do programa nuclear do país possam ser estabelecidas por completo, o país deve interromper o enriquecimento e algumas outras atividades nucleares.

O que o Irã diz sobre a produção de armas nucleares?

O país diz que não descumprirá suas obrigações estabelecidas pelo Tratado de Não Proliferação Nuclear (NPT, na sigla em inglês) e não usará a tecnologia para fabricar uma bomba nuclear.

No dia 18 de setembro de 2009, o presidente Ahmadinejad disse à rede de televisão NBC: "Não precisamos de armas nucleares (...) isso não é parte dos nossos programas e planos".

Ele também disse à ONU, no dia 3 de maio de 2010, que armas nucleares são "um fogo contra a humanidade".

Pouco depois, o supremo líder religioso do Irã, Ali Khamenei, que, segundo relatos, teria baixado um fatwa (decreto religioso islâmico) contra armas nucleares, disse: "Nós rejeitamos fundamentalmente as armas nucleares". Ele já havia dito isso em fevereiro deste ano.

Por que o Irã se recusa a obedecer as resoluções do Conselho de Segurança?

Segundo o NPT, países signatários têm o direito de enriquecer urânio para ser usado como combustível na geração de energia nuclear com fins civis.

Estes Estados devem permanecer sob inspeção da AIEA. O Irã está sendo inspecionado, mas não de acordo com as regras mais rigorosas, porque o país não concorda com elas.

Apenas os signatários que já tinham armas nucleares quando o tratado foi criado, em 1968, têm permissão de enriquecer urânio até o nível mais alto, necessário para a obtenção de armas nucleares.

O Irã dizia que estava simplesmente fazendo o permitido pelo tratado e que pretendia enriquecer urânio até o nível requerido para a produção de energia ou outros fins pacíficos. O país atribui as resoluções do Conselho de Segurança a pressões políticas dos Estados Unidos e seus aliados. E argumenta que precisa de energia nuclear e quer controlar o processo por conta própria.

O presidente Ahmadinejad disse várias vezes que seu país não vai ceder à pressão internacional: "A nação iraniana não sucumbirá a intimidações, invasões ou violações de seus direitos".

O que exatamente o Conselho de Segurança e a AIEA queriam que o Irã fizesse?

Eles queriam que o Irã suspendesse todas as atividades de enriquecimento, incluindo a preparação do urânio, a instalação de centrífugas nas quais o gás do urânio é circulado para separar as partes mais ricas e a inserção do gás nas centrífugas.

Os órgãos da ONU também queriam que o Irã suspendesse projetos envolvendo água pesada, particularmente a construção de um reator de água pesada. Este tipo de reator pode produzir plutônio, que pode ser usado como substituto do urânio em uma bomba nuclear.

A AIEA também pediu que o Irã ratifique e implemente um protocolo adicional permitindo inspeções mais minuciosas como uma forma de criar mais confiança.

Que sanções já foram impostas contra o Irã?

Em março de 2008, a ONU impôs uma última rodada de sanções, que incluem a proibição de viagens internacionais para cinco autoridades iranianas e o congelamento de ativos financeiros no exterior de 13 companhias e de 13 autoridades iranianas.

A resolução também impede a venda para o Irã dos chamados itens de "uso duplo" - que podem ter tanto objetivos pacíficos como militares.

Em 10 de junho de 2008 os Estados Unidos e União Europeia anunciaram que estariam dispostos a reforçar as sanções com medidas adicionais.

Treze dias depois, a EU concordou em congelar bens do maior banco iraniano, o Banco Melli, e estender a proibição de vistos para iranianos envolvidos no desenvolvimento do programa nuclear.

Ainda em junho daquele ano, o então representante da União Europeia para política externa, Javier Solana, apresentou, em nome de China, UE, Rússia e Estados Unidos, um pacote de incentivos econômicos ao Irã em troca de garantias de que o país não fabricaria armas nucleares.

A decisão de elevar o nível de enriquecimento de urânio para 20% provocou novas sanções?

Sim. Um dia depois do anúncio do Irã, o governo dos Estados Unidos anunciou novas sanções, passando a punir quatro empresas ligadas às Guarda Revolucionária do país asiático.

As companhias são ligadas a uma empresa de construção que pertence à Guarda Revolucionária, a Khatam Al-Anbiya, e ao diretor da empresa, general Rostam Qasemi. Os ativos no exterior de Qasemi e das quatro empresas foram congelados.

Segundo o governo americano, os lucros da Khatam Al-Anbiya ajudam a patrocinar os programas nuclear e de desenvolvimento de mísseis do Irã.

Além dos EUA, autoridades da França, da Rússia e da Alemanha também afirmaram que novas sanções seriam necessárias contra o país.

Quais novas sanções seriam possíveis?

A China continua relutante em concordar com novas sanções do Conselho de Segurança. Por isso, uma coalizão de países, que inclui a União Europeia, podem tomar algumas ações separadamente.

Já foi considerado parar a exportação de produtos de petróleo refinado para o país. Apesar da riqueza petroleira, o Irã não consegue produzir uma quantidade suficiente desses produtos sozinho. Apesar disso, há oposição a essa ideia porque poderia afetar a população geral.

Pode haver esforços para conseguir uma proibição para o investimento de petróleo e gás e em negócios financeiros.

Alguns incentivos estão sendo oferecidos ao Irã. Quais são eles?

Estados Unidos, Rússia, China, Grã-Bretanha, França e Alemanha afirmam que se o Irã suspender o enriquecimento de urânio, podem começar as negociações para um acordo de longo prazo.

A oferta prevê ao reconhecimento do direito do Irã desenvolver energia nuclear para fins pacíficos e o diz ainda que o Irã será tratado "da mesma maneira" que outros Estados signatários do Tratado de Não-Proliferação.

O Irã teria ajuda para desenvolver usinas de energia nuclear e teria garantias de combustível para as usinas. Além disso, receberia concessões comerciais, inclusive o possível fim das sanções dos EUA, que proíbe o país, por exemplo, de comprar novas aeronaves civis e equipamentos para os aviões.

Quais são as chances de um ataque contra o Irã?

O primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, já falou diversas vezes do que acredita ser uma ameaça em potencial do Irã. Há relatos de que Israel tenha realizado um grande exercício aéreo, considerado um teste para uma eventual ofensiva contra o território iraniano.

O governo de Israel não acredita que os meios diplomáticos forçarão o Irã a suspender o enriquecimento de urânio e não quer Teerã sequer desenvolva capacidade técnica para produzir uma bomba nuclear.

Portanto, a possibilidade de um ataque de Israel permanece.

Afinal, o que, na prática, impede o Irã de fazer uma bomba nuclear?

Especialistas acreditam que o Irã poderia enriquecer urânio suficiente para construir uma bomba em alguns meses. Entretanto, o país aparentemente ainda não detém o domínio da tecnologia para criar uma ogiva nuclear.

Em teoria, o Irã poderia anunciar que está abandonando o Tratado de Não-Proliferação das armas nucleares e, três meses depois de fazê-lo, estaria livre para fazer o que bem entendesse. Mas ao fazer isso, o país estaria sinalizando suas intenções e ficaria vulnerável a ataques.

Se o Irã tentasse obter secretamente o material para fazer uma bomba e o plano fosse descoberto, o país estaria vulnerável da mesma forma. Por isso, alguns acreditam que a ameaça de que o Irã desenvolva uma bomba atômica tem sido exagerada.

Os países que já têm armas nucleares e são signatários do tratado de Não-Proliferação nuclear não se comprometeram a acabar com esses armamentos?

O artigo 6º do Tratado obriga os signatários a "fazer negociações de boa-fé sobre medidas que levem ao fim da corrida armamentista nuclear em uma data próxima e ao desarmamento nuclear". As potências nucleares alegam que têm feito isso ao reduzir seus arsenais, mas críticos alegam que eles, na verdade, não tem seguido no caminho do desarmamento. Analistas também argumentam que os Estados Unidos e a Grã-Bretanha violaram o tratado ao transferirem tecnologia nuclear de um para o outro.

E Israel, inimigo do Irã na esfera internacional, tem bombas nucleares?

Israel nunca confirmou isso. Contudo, como Israel não é signatário do Tratado de Não-Proliferação Nuclear, então não é obrigado a obedecê-lo.

O mesmo pode ser dito da Índia ou do Paquistão, dois países que têm armamentos nucleares. A Coreia do Norte abandonou o tratado e anunciou que também tem a capacidade de ter bombas atômicas.

Em 18 de setembro de 2009, a AIEA pediu a adesão de Israel ao NPT ou que o país permita que suas instalações nucleares sejam inspecionadas.

Israel se recusa a aderir ao acordo ou permitir a supervisão. Acredita-se que o país tenha até 400 ogivas nucleares, mas Israel se nega a confirmar ou confirmar isso. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

ENTENDERAM?? A FONTE DESTA MATÉRIA É http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,entenda-a-polemica-envolvendo-o-programa-nuclear-do-ira,552925,0.htm DO EXCELENTE SITE "ESTADÃO", A CHARGE É MINHA MESMO. ÓTIMA QUINTA AMIGOS!!!


Tópicos: Irã, Programa nuclear, Urânio, Aiea, Internacional, Geral
”Bookmark
;

terça-feira, 18 de maio de 2010

CHARGE: Ladrão espera na fila do banco pra assaltar


Jovem usou máscara de esqui e esperou sua vez de ser 'atendido'.
Ele, que usava uma arma de brinquedo, foi preso em seguida.

Um jovem assaltante não fez questão de esconder suas intenções ao entrar em uma agência bancária da cidade de Stow (Ohio, Estados Unidos).



Feliks Goldshtein, de 24 anos, entrou na fila para assaltar o banco, e usou uma máscara de esqui como disfarce o tempo todo.



Quando chegou sua vez, Feliks foi convidado a retirar sua máscara para ser atendido. Foi quando ele sacou uma arma de brinquedo e anunciou o assalto.




Rick Meyers, capitão da polícia, diz que é raro ver um ladrão mascarado esperando para ser atendido na fila. O jovem foi preso em seguida, depois de uma perseguição de carros, sob a acusação de assalto e desacato.

EU PARTICULARMENTE AINDA NÃO TINHA OUVIDO FALAR DE UM LADRÃO TÃO "CARA DE PAU" E O PIOR UM BANDO DE "MANÉ" NA FILA PRA DEIXAR ACONTECER UMA SITUAÇÃO BIZARRA DESSAS. NO FRIGIR DOS OVOS ACABA SENDO ENGRAÇADO NÉ!

”Bookmark
;

SEÇÃO FLASH BACK

VEJA TAMBÉM NESSE BLOG:



sábado, 15 de maio de 2010

CAUSO BIZARRO: Proibido morrer este final de semana!


PROIBIDO MORRER ESTE FINAL DE SEMANA


Há um lugar no interior de Minas chamado Lagoa sem peixe, com seus 4 mil habitantes, é um lugar como todas as histórias de lugar pequeno, humilde e pacato, e pra não perder o hábito de se falar sempre a mesma coisa, as pessoas são simpáticas e hospitaleiras, mas essa hospitalidade é justamente que deu causa ao nosso causo, pois, João Azeredo Azevedo de Arruda Assunção Teixeira, teve uma “lasca” de um problema no interior da Bahia, quando perdeu mulher e filho durante parto e não suportando a dor, saiu errante pelo mundo em busca de uma nova vida, antes porém, teve sérios problemas com as bebidas e não possuía grau de instrução suficiente para conseguir em bom emprego.
Nas andanças desse nosso personagem, quando passava pela pequena e pacata cidade de Lagoa sem peixe, com muita fome, pediu um prato de comida a uma senhora que deixara a janela aberta, e o cheiro “mavioso” que de lá desprendia, invadiu os pulmões do famigerado João, e não suportando mais uma vez, solicitou um pratinho “pra modi” sustentar-se. A dona boa de papo iniciou pequena indagação ao andarilho e sensibilizada com sua história, lembrou-se que o coveiro morrera há alguns dias e demorou dois dias para ser enterrado, porque teve de vir outro coveiro distante 60 quilômetros, por ser tradição naquele município, os coveiros serem de outro lugar, jamais um coveiro fora natural da região. João deu salto e ainda cambaleante e rindo “aos montes” pediu a indicação do local onde conseguiria o emprego e se foi para a casa do prefeito a fim de sanar seu problema.
O serviço para João encaixou feito “ dedo no nariz “, havia uma casinha nos fundos do cemitério e até uma “hortinha” para ele plantar sua cebolinha. Os anos se passaram, e o povo se acostumou ao jeitão do João, que de quebra não poderia deixar de adquirir um apelido e João Coveiro passou a ser seu codinome, seu estilo ignorentão de ser, muita filosofia e pouca ortografia e assim a vida foi passando.
Certo dia, João Coveiro resolveu fazer umas contas, pois aprendera em sua televisão de 14 polegadas preto-e-branca, que seu salário estaria defasado e vira ainda como se protestava, riscando em um cartaz os dizeres ALMEMTU JÁ e partiu para frente da prefeitura esquecendo-se completamente que era sábado e o citado órgão não abriria. A caminho da prefeitura foi procurado por Dona Zefina que aos prantos anunciou a morte do avô de 102 anos e teve como resposta do nosso João:
_”Morreu por que quis, eu to de greve e vou agora na casa do prefeito pra dizê pra ele que ta proibido morrê este finar de semana que eu to de greve”
Dona Zefina que já estava abalada fez questão de espalhar a notícia indo até à matriz e usando o megafone xingou cobras e lagartos e gambás também. Dentro de poucas horas o Cabo Muxi e o Soldado Iba foram chamados para intervir na questão, mas João permaneceu irredutível.
_Eu escurtei tudo direitim na TV quero meu aummento já!!
Disse o prefeito: “Mas João, te demos casa, lá você não paga luz, água, te demos uma televisãozinha, a igreja do pastor Pedrinho tá te dando uma forcinha no rango, precisamos interrar o seu Zé que faleceu essa madrugada.
_Mas que sujeito vacilão, porque não morreu semana passada? Ta atrapalhando minha greve até dispois de morto.
_Mas quanto você ta querendo mesmo de aumento?
_Cinco reais, é isso mermo, cinco reais, é pegá ou largá, senão vou me embora com a Gertrudes!
_Mas você se casou João?
_Cê besta, Gertrudes é minha gata, mas vai ou não vai?
Aquelas alturas já não era possível nem mais conversar, de tanto que o povo ria da situação hilária, várias pessoas se propuseram em dar os cinco reais do João que providenciou o enterro e permaneceu trabalhando por muitos anos.

Fonte do desenho: humortadela

FIM

ESTA ESTÓRIA É TOTALMENTE FICTÍCIA, QUALQUER SEMELHANÇA SERÁ MERA BIZARRICE. SE DER IBOPE A COMÉDIA VASI CONTINUAR. ÓTIMO FINAL DE SEMANA A TODOS!!!


”Bookmark
;

quarta-feira, 12 de maio de 2010

CHARGE: Nem pato, nem ganso...deu burro!!




NOTÍCIA DO ESTADÃO

Dunga foi o assunto mais falado no Twitter ontem. Durante e após o anúncio dos convocados, as críticas ao treinador viraram a tônica das conversas na rede.

Na lista de tópicos mais comentados no Brasil, até o fechamento desta edição, apareciam os termos Júlio Baptista e Grafite. E liderava o que chamava Dunga de "burro", trazendo o termo #DungaBurro na mensagem.

"Alguém, realmente, achava que um anão seria capaz de convocar uma seleção grandiosa?", postou, em brincadeira, o usuário @edusek. "O Dunga tem nóia na cabeça? Um tanto de jogador bom e ele chama os ruins", indignou-se @Anakgome.

A maioria das mensagens postadas no site afirmava que Dunga havia feito escolhas erradas. Grafite, apontado como uma das surpresas, foi um dos mais criticados e ironizados pelos internautas. "E eu nem sabia que o Grafite existia", postou @feerc. "Se a nossa grande seleção canarinho depender do Grafite pra escrever sua história, ficará fácil passar uma borracha", brincou, como muitos, @pedrorok.

Durante o anúncio dos convocados, Neymar e Ganso tinham torcida organizada no Twitter. Depois, vieram as lamentações e críticas pela não-convocação. "Conservadorismo é uma coisa, ser BURRO e não enxergar que existem outros jogadores num momento muito melhor é outra", postou @naayaramoreira.

FONTE:http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100512/not_imp550455,0.php

NÃO ME COMPROMETAM, NÃO FUI EM QUEM FALOU, FOI A GALERA!!! ÓTIMA QUARTA E ÓTIMA COPA SE DEUS QUISER!!! RSRSRSR.


”Bookmark
;

sábado, 8 de maio de 2010

CAMISETAS DE FUTEBOL: Deixe sua marca em voga





Produzimos nesse trabalho as propagandas nas costas e o escudo que foi uma criação por encomenda do dono das camisas. A ARTEFATUS é considerada uma oficina de ideias porque não se restringe a desenhos prontos ou ideias pré concebidas, fazemos de tudo para deixar nosso toque pessoal em cada evento. COLOQUE NO SEU MSN NOSSO CONTATO: artefatuscaratinga@hotmail.com . Produzimos ainda desenhos para trabalhos escolares principalmente para feiras culturais. ÓTIMO FINAL DE SEMANA GALERA!!
”Bookmark
;

terça-feira, 4 de maio de 2010

CHARGE Polêmica: Existe ex-gay?



Advogado que se vestia de Alice é suspenso e abandona a carreira
Rob Moodie usava o vestido azul da personagem infantil como forma de protestar.
Desde outubro, o advogado havia mudado seu nome para "Senhorita Alice".

WELLINGTON - Um advogado da Nova Zelândia que trocou o terno e a gravata por um vestidinho à moda de "Alice no País das Maravilhas", para reclamar do "excesso de homens no Judiciário do país" encerrou o protesto na quarta-feira (14), após ser multado e suspenso, por três meses, pela Suprema Corte do país por ter divulgado na internet documentos confidenciais de um processo.

O advogado se vestia como a personagem infantil Alice

Depois da sentença, Rob Moodie, que desde 21 de outubro de 2006 havia mudado seu nome para "Senhorita Alice", anunciou que estava encerrando seu protesto porque ele "já não precisava mais aparecer em um ambiente do século XIX que permite que a pompa, a presunção e a complacência eclipsem a verdade".

Mood usava o mesmo vestido (e os mesmos sapatos) da personagem infantil criada pelo escritor Lewis Carroll.

Em 2006, uma perícia havia incriminado um casal de fazendeiros pela queda de uma ponte construída pelo exército em sua propriedade. O doutor Moodie obteve documentos provando que os engenheiros da Força de Defesa da Nova Zelândia haviam usado madeira imprópria para a obra. O juiz proibiu a divulgação desses documentos.

Indignado, o veterano da lei iniciou o protesto, apontado pelo jornal londrino "The Times" como a mais bizarra conduta de um advogado em 2006.

Moodie declarou ainda que está abandonando a carreira. Ele tem 68 anos, é casado e tem três filhos.

FONTE: G1

AGORA FICA A POLÊMICA, EXISTE EX-GAY?
DÊ A SUA OPINIÃO.
FALO ISSO EM TOM DE PIADINHA, PORQUE RESPEITO AS OPÇÕES DE CADA UM.
ÓTIMA TERÇA GALERA, DESCULPEM NÃO TER POSTADO ONTEM, O PRAZO TÁ CURTO. VALEU!!

”Bookmark
;