segunda-feira, 1 de março de 2010

Charge: homem deita na rua e chora após apreensão de sua moto



Miguel Jhonny Rodriguez Jimenez usa o veículo como mototáxi.
Agentes se sensibilizaram com a reação e devolveram o veículo.


Um homem ficou deitado na rua, no centro da cidade de Santo Domingo, capital da República Dominicana, em protesto porque os agentes de trânsito tinham apreendido sua moto, segundo reportagem publicada nesta terça-feira (29) pelo "Listín Diario".




De acordo com o periódico dominicano, o protesto inusitado foi protagonizado por Miguel Jhonny Rodriguez Jimenez, que usa o veículo como mototáxi, prática que, no país caribenho, é conhecida como “motoconchista".

"Eu sou um homem trabalhador, porque fizeram isso comigo", reclamou Rodriguez Jimenez, que chorou na tentativa de sensibilizar os agentes. Devido à inesperada reação, um oficial decidiu devolver a moto para ele se acalmar.

FONTE: G1

AQUI NO BRASIL ACHO QUE ELE COINSEGUIRIA NO MÁXIMO OUTRA MULTA HE HE HE. ÓTIMA SEGUNDA GALERA!!!

11 comentários:

Eduardo Montanari disse...

O que seria realmente cômico é se ele, deitado na rua chorando, ainda fosse acidentalmente atropelado.
Mas quanto ao Brasil eu pensei a mesma coisa. Se fosse aqui ele não teria essa mamata.

Rosana Madjarof disse...

Edvalter,

Adorei a charge, mas fiquei com pena do rapaz...

Coitadinho né?

É isso que dá não fazer as coisas certinhas... Um dia a casa cai... hehehe

Bjs.

Rosana.

Principe Encantado disse...

kakaka Pelo menos uma manifestação pacífica.
Abraços forte

Evandro Villaça disse...

Ótima charge!!! E que cara mais idiota. O que ele quer deitado no meio da rua? rs

Parabéns pelo blog!!! Abraço. Evandro

Fernandez disse...

Excelente charge amigo Edvalter.
Mas que reação inusitada... mas vamos dar o braço a torcer... o garoto conseguiu o que queria! :-) rsrs
Agora já sabe... se tiver problemas em Santo Domingo é só deitar no meio da rua... :-) rsrs
Forte abraço, Fernandez.

Beth Muniz disse...

Até que ele é bonitinho...rsrsrsrs
Bem arrumadinho...
e, sabe protestar.
Beijos.
Ops: Estou triste, sem querer apaguei o seu comentário do post "O ciúme".

Luma Rosa disse...

Uma atitude inusitada! Acho que os policiais ficaram sem ação, por isso deixaram passar as infrações.

Edvalter, obrigada pelas palavras de incentivo!!

Boa semana! Beijus,

Profwar disse...

Não dá para descumprir a lei, não é mesmo?

Mas que dá uma pena...

Parabéns pela charge, ficou ótima!

Abs.

Ivan Ferreira disse...

Não dá para deixar de cumprir a lei não é mesmo?

Mas que deu uma pena desse rapaz isso deu.

Ótima matéria meu caro amigo Edvalter.

Grande Abraço!

Leila disse...

Aí Edvalter, esse deve ser parente de uma mulher que eu vi aqui perto de casa...kkkkk depois de destruir o carro novinho de um homem com seu chevelho, ela saiu chorando pela rua...kkkk

bjs

concentrado disse...

Edvalter se essa moda pega aqui no Brasil.


Muito boa a charge.