segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Corpo de alemão é achado na cama 7 anos depois de morrer


Homem de 59 anos morreu no apartamento e ninguém percebeu.
Última correspondência aberta era de novembro do ano 2000.

O corpo de um homem foi encontrado sozinho na cama sete anos depois de sua morte, na Alemanha. Segundo comunicado da polícia da cidade de Essen, o homem tinha 59 anos e estava desempregado.
Ele morreu aparentemente de causas naturais por volta do dia 30 de novembro de 2000, quando recebeu uma correspondência do fundo de bem-estar social da cidade.
Perto da cama havia cigarros, um guia de TV aberto e moedas de marco, a moeda alemã que deixou de circular em 2002 com a chegada do euro. O prédio onde ele morava abriga escritórios e apartamentos residenciais, muitos deles vazios.
"Ninguém sentiu a falta dele. Não há registro de desaparecimento", espantou-se a policia.
NÃO CONHEÇO O CARA, MAS DEVIA SER UM GRANDE "MALA", NINGUÉM DEU FALTA DO CARA EM SETE ANOS??? A PIADINHA COM HEBE, S. SANTOS E DIDI É QUE OS VEJO NA TV DESDE MENINO E ELES MUDARAM MUITO POUCO FÍSICA E ESPIRITUALMENTE, SÃO EXCEPCIONAIS PROFISSIONAIS QUE ADMIRO MUITO! AMANHÃ TEM MUITO FOGO AQUI NO BLOG, MUITO FOGO! NÃO PERCA!!!

4 comentários:

André disse...

depois que participei de algumas exumaçoes nunca mais achei graça num cadaver.

Juka disse...

putz, 7 anos Oo

evando disse...

... então ele devia estar com a cutis da Hebe, a kra do Didi e o sorriso do Sílvio! hehehe

luanova disse...

Isso que é uma pessoa que não fez falta pra ninguém. Que triste.